11 dezembro 2017
11 dezembro 2017, Comentários 0

Divaldo Franco no Equador
6 de dezembro de 2017

“O Semeador de Estrelas” e sua semeadura no Equador

Divaldo Franco no Equador

Em 27 de novembro de 2017 Divaldo Franco chegou na capital do Equador, Quito, procedente de Nova York, após ter deixado sua semeadura em terras norte-americanas. No dia seguinte concedeu uma entrevista na rádio, com muito sucesso, dado que a entrevistadora e os ouvintes sentiram-se cativados com seus magníficos relatos. Posteriormente compartilhou o estudo de O Livro dos Espíritos com os integrantes do Centro Espírita Francisco de Assis – CEFAQ -, oferecendo seus oportunos comentários, sempre esclarecedores.

Na quarta-feira, 29/11, assistiu a palestra no CEFAQ, proferida por Milciades Lezcano, espírita do Paraguai, que também visitava o Equador. Os assistentes se sentiram muito emocionados por poder compartilhar um pouco mais de perto com nosso querido Semeador de Estrelas, tanto quanto com nosso amigo do Paraguai.

No dia 30/11, quinta-feira, após um cafezito cortado, como ele tanto gosta, compartilhou seu tempo com os assistentes do evento, autografando livros até o momento de iniciar o seminário “Constelação Familiar”. Seus relatos, sempre cheios de magia, transportaram os participantes ao lugar dos fatos. Foram momentos de esclarecimento que contribuíram para entender o porquê dos relacionamentos familiares, suas causas e consequências. Viveu-se uma mistura de emoções, as pessoas riam e também vertiam lágrimas. Para finalizar deleitou-nos com o Poema da Gratidão, de Amélia Rodrigues. Todos visivelmente sensibilizados choravam e agradeciam as estrelas que Divaldo deixou semeadas nos corações nessa noite de bênçãos.

Na sexta-feira, 1º/12, compartilhou o estudo de O Livro dos Médiuns com o grupo mediúnico do CEFAQ. Novamente seus esclarecimentos fizeram-se presentes, a semeadura continuava em andamento…

Chegou o dia de partir para Guayaquil, 02/12, onde Divaldo havia estado pela última vez há um pouco mais de 20 anos. Na tarde daquele sábado foram conquistados corações espíritas e não espíritas. Primeiro com suas curtas mensagens no momento dos autógrafos dos livros, e posteriormente, com a clareza de sempre, ao iniciar o seminário programado com o tema “Vida após a Vida”. Foi um grande presente para todos, possibilitando, novamente, a reconfirmação da continuação da vida ao deixar o plano material.

Já no domingo, pela manhã, bem cedo, visitou uma formosa obra social, localizada no bairro Monte Sinai (cujo nome em relatos antigos se conhecia, também, como o monte onde vivia Deus). Fazendo honra ao significado, compartilhou momentos de fraternidade com os amigos que o acompanhavam e com a querida Betty (Beatriz Guerra, trabalhadora deste espaço de amor) na pequena edificação construída com material singelo, mas com todo o amor possível. Nosso Paulo de Tarso da atualidade impregnou de doçura o ambiente, relatando uma pequena história para os meninos que fazem parte do grupo infantojuvenil desta especial casa de amor. Uma vez mais, Divaldo demonstrou-nos, com seu exemplo, que vive o Evangelho de Jesus a cada passo que dá.

Todos que compartilhamos com ele durante sua visita nos sentimos agradecidos infinitamente por todas e por cada uma das estrelas semeadas no Equador. Seu sorriso, o calor humano, a ternura, os seus ensinos e, sobretudo o amor, ficaram impregnados em cada um de nós. Sem a menor dúvida, quem o conheceu, mesmo pela primeira vez, já não serão mais os mesmos após terem sido tocados por suas palavras.

Texto e fotos: Mayra Cortés

Tradução do espanhol ao português: Paulo Salerno

Comments are closed.